Get Adobe Flash player

Apresentação

Uma Terra, Um Clube, Uma Modalidade

O Atletismo é o conjunto de exercícios corporais que pretendem o desenvolvimento perfeito dos órgãos e procuram ao mesmo tempo uma harmonia completa das formas, é a forma mais antiga de um desporto organizado. Na realidade, trata-se de uma mistura de vários desportos, que engloba as corridas, os saltos e os lançamentos. Vem dos tempos de outrora em que correr, saltar e lançar eram encarados como uma aprendizagem vital na caça e na guerra.

O Atlético Clube de Vermoil (ACV) foi constituído, por escritura de 12 de Agosto de 1984. Tal como é definido nos seus estatutos, o Atlético Clube de Vermoil tem como objectivo a “promoção dos seus associados através da educação cultural e prática desportiva promover a localidade de Vermoil e organizar provas de atletismo...” (art.º 2º, nº 1). Desde 1984 tem sido esta a filosofia do Atlético Clube de Vermoil.

Neste clube não há a obsessão em se promoverem campeões (nacionais, distritais, de rua ou “lá de casa”), mas tão-somente a prática saudável de uma modalidade desportiva simples. A “esta casa” têm acesso, quer o potencial vencedor, quer o último classificado. Para pertencer aos seus quadros basta querer. O ato federativo, que visou apenas preservar uma medida fundamental de segurança, o seguro desportivo, surgiu em 1995, há cerca de uma vintena de anos.

O ACV inscreve na respectiva Associação Distrital um número cada vez mais crescente de atletas. Em Dezembro de 2012 estão inscritos um número recorde de atletas – 147. A área de recrutamento não se restringe à freguesia de Vermoil, mas a todo o concelho, tendo até atletas de outros pontos do distrito. Dada a escassez de “mão-de-obra” voluntária no ACV quase todos os seus atletas ocupam lugares de “trabalho”: técnico, delegados, treinadores, motoristas, agentes de publicidade, angariação de fundos, etc.

A Associação dispõe desde 1997, de instalações, cedidas pela Junta de Freguesia de Vermoil.
Os treinos do Atlético Clube de Vermoil são diários, de segunda a sabado. Cada atleta, sénior ou veterano, em média, treina duas vezes por semana e corre aos domingos. Dividem-se em grupos de dois, três, ou mais e mantêm, durante todo o ano, a rotina do seu treino.

Dada a especificidade da disciplina técnica praticada (a corrida) os atletas treinam nas estradas e caminhos do nosso concelho, diariamente, ao cair da noite, com partida e chegada junto à igreja matriz. Não há destino fixo. Tudo depende da prova que se prepara. Aprende-se a exercitar treino técnico em andamento: sai-se em andamento lento de aquecimento e multiplicam-se as diversas etapas do treino com as respectivas e específicas opções (nuances). Há atletas que treinam sozinhos, ou por se encontrarem distantes dos demais, ou por iniciativa própria. Mais recentemente, com a inauguração da pista de atletismo de Pombal, são cada vez mais, porém, os atletas adultos da estrada que ali confuem para, em conjunto, melhorarem as suas perfomances técnicas. As séries e o cronómetro também já fazem parte do quotidiano dos nossos atletas da estrada e corta mato. 

Para a formação, tudo é diferente: na época de Inverno os treinos são diários, repartindo os dias pelos diferentes escalões, realizando-se cada um deles na pista coberta, instalada na Expocentro em Pombal durante esse período. Na época de Verão, concentram-se no estádio municipal de Pombal.

Ao contrário das equipas de futebol, o campeonato do Atlético nunca pára. Participa em provas, por todo o país e todo o ano (em 2012 foram mais de 150, incluindo pista e estágios). De entre essas participações privilegiam-se todos os Campeonatos Distritais, todas as provas no concelho de Pombal e provas de participação global (para todos). No entanto, cada atleta deve e estabelece sempre um período de repouso de pelo menos um mês anualmente.

No quadro técnico constam 5 treinadores. Alguns deles com dimensão nacional. Todos com formação superior, sendo que apenas um não tem formação na área. Como qualquer clube da Associação Distrital de Atletismo de Leiria, o Atlético tem ainda ao seu dispor todo o seu corpo técnico (monitores, treinadores, técnicos e juízes), quer em Leiria, quer deslocando-se a Pombal, se necessário.

O Atlético Clube de Vermoil está filiado no INATEL como Centro de Cultura e Desporto (CCD), com o n.º 4525.

A ambição do clube tem vindo a crescer. No plano distrital começa a assumir-se como um dos dois mais fortes clubes. Sobretudo a nível distrital onde no escalão de juniores, na época 2009/2010, se sagrou vice-campeão distrital em pista coberta, quer masculino, quer feminino. A nível individual já soma mais de 15 títulos de campeões distritais e outros tantos de vice campeões. É campeão distrital de estrada em séniores (individual e coletivo) e vice campeão (individual e coletivo) em veteranos. Também é vice-campeão distrital de juvenis masculinos em pista coberta. Em juvenis femininos atingiu um brilhante 3º lugar, subindo assim ao pódio. Em Maio de 1996, Liliana Neves, ainda júnior, obteve a vitória distrital e respectivo apuramento para a “Légua Nacional – RDP/Antena 1”, que viria a disputar em Lisboa, em 29 de Junho obtendo a 3ª posição nacional. Em 25 de Janeiro de 1998, Joel Couto, foi seleccionado para representar o distrito no “Cross Internacional de Juniores de Loures”. Contudo, o dia-a-dia da vida do Atlético Clube de Vermoil não se confina à conquista de títulos. Os seus Estatutos são mais exigentes.

Com a introdução da disciplina da marcha no clube, em 2009, o ACV conquistou vários títulos nacionais, sobretudo através e graças aos atletas Daniela Cardoso, Cristiano António e Joana Monteiro.

Na vertente social orgulha-se em verificar que há gente e entidades que o vigiam e controlam. No dia 12 de Junho de 1998, no decurso da Terceira Gala do Desporto Concelhio organizada pelo jornal “Correio de Pombal”, foi considerado como a melhor organização desportiva de 1997, para a 5ª Tripla Légua e Eugénio Mendes eleito Dirigente do Ano. Em Dezembro de 2001, na Gala do 57º Aniversário da Delegação de Leiria do INATEL, realizada na cidade de Pombal, o Atlético foi distinguido como Colectividade do Ano, do distrito de Leiria. Em Junho de 2002, na 4ª Gala do Desporto Concelhio, organizada pelo jornal “Correio de Pombal”, nova nomeação e eleição – Eugénio Mendes voltou a ser o Dirigente do Ano e em 11 de Novembro de 2004, foi homenageado pela Câmara Municipal de Pombal, com a medalha de Mérito Municipal de Cultura e Desporto – Grau Prata. Mais recentemente, a CM Pombal voltou a agraciar com a mesma medalha de mérito desportivo, grau prata, os três fundadores do clube: Alfredo Santos, Eugénio Mendes e Julio Cunha. Também com a mesma medalha, em 2011, coube a vez à atleta Daniela Cardoso receber o merecido galardão.

De realçar ainda o convite personalizado, vindo do estrangeiro, para participação em provas em Espanha: Santiago de Compostela (1987) e Vigo (2001), e no Canadá (1992). Os atletas da maratona do ACV também palmilham terras estrangeiras com excelentes resultados.

Os meios humanos, técnicos e logísticos do ACV estão e têm estado, sempre ao dispor da comunidade e restante meio associativo.

A organização anual da Tripla Légua, que é um dos ex-libris da freguesia e do concelho, que foi, pela sua qualidade, uma fonte de receita, durante alguns anos, deixou de o ser para se tornar num dos mais sérios problemas financeiros do clube a resolver. Contudo, com a reestruturação levada a cabo em 2005, novos ventos de esperança sopram nas margens do Arunca. Em 2012 e com a realização da 19ª edição, finalmente um campeão da casa: Tiago Marques juntou o título de campeão distrital à de vencedor da prova.

Em 2009 a direcção levou a cabo diversos programas de relançamento do clube, a saber:

Nova Imagem: foi criado um novo emblema e mudadas as cores do clube. O verde-escuro foi a cor escolhida para arejar toda a estrutura da Associação. Esse ar é mais leve e arejado.

Aposta forte na Formação: incentivar alguns, atrair muitos e cativar todos!

Relançar a Tripla Légua: no espaço de 4 anos esta prova tornou-se uma referência distrital e mesmo nacional, realizando-se consecutivamente aí o campeonato distrital de estrada. Realiza-se assim a Festa do Atletismo em Vermoil, no primeiro Domingo de Novembro.
Acção Social: o Atlético volta a estar em “todas” para que todos estejam com o Atlético. Apoiam-se logisticamente iniciativas da área e marcam presença nas Tasquinhas do Bodo das Castanhas;

Promoção do Atletismo: com a presença assegurada da pista coberta em Pombal. É objectivo prioritário a massificação de presenças dos seus atletas na mesma, quer nos treinos quer em competição. Se tal objectivo é válido, tal não minimizou a necessidade de  lutar por uma pista de tartan no concelho. Tal desiderato veio a concretizar-se em junho de 2011 com a inauguração da bonita e atrativa infraestrutura mobilizadora de novos "inquilinos" para a modalidade...

No defeso de 2012 a continuidade do clube pareceu estar em causa. Contudo, o esforço enorme de alguns mantém viva a esperança de todos...

 
  • Valsteam
  • Crédito Agrícola
  • Auto Mecânica da Confraria
  • Artebel
  • Parceiros Media
  • image
Hosting: Ilimitada Hosting Chile VPS